As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Dilma, Santoro e a Bulgária

Julia Duailibi

16 de agosto de 2012 | 20h06

A presidente Dilma Rousseff recebeu hoje em seu gabinete a equipe do filme Heleno, cinebiografia sobre o jogador botafoguense Heleno de Freitas,  que foi exibida para os funcionários do Palácio do Planalto.

No grupo, estavam o ator Rodrigo Santoro, que faz o jogador de futebol, o diretor José Henrique Fonseca com a mulher, a atriz Cláudia Abreu, e os produtores Rodrigo Teixeira e Eduardo Pop.

No encontro de apenas 10 minutos, Dilma e Santoro conversaram sobre a Bulgária, país onde nasceu o pai da presidente, Pedro Rousseff.  Neste ano, o ator filmou por lá 300 – A Batalha de Artemísia, no qual ele fará novamente o gigante Xerxes, imperador da Pérsia, com estreia prevista para o ano que vem. Em 2006, ele estrelou a primeira produção de 300, sobre a batalha de Termópilas, baseada nos quadrinhos de Frank Miller. A presidente disse que o povo búlgaro é muito sofrido e demonstrou carinho pelo país, visitado por ela em outubro de 2011.

Mas quem roubou a cena no palácio foi Cláudia Abreu, a Chayenne da novela das 7, Cheias de Charme, da Rede Globo. A atriz, que posou para fotos com servidores, foi mais assediada que Santoro.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.