As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Casagrande se reúne com Skaff para tratar de mudança no ICMS

Julia Duailibi

15 de março de 2012 | 16h51

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), esteve hoje na Fiesp para falar com o presidente da entidade, Paulo Skaff (PMDB), da unificação do ICMS sobre as importações, proposta em tramitação no Congresso.

Casagrande alega que haverá perda de R$ 1 bilhão para o Estado caso haja alterações na regra atual – o Estado dispõe de um mecanismo de incentivo à importação que gera arrecadação de R$ 2,3 bilhões.

O governador propôs a Skaff, que critica o sistema de incentivo, uma transição de alguns anos para o Espírito Santo. O presidente da Fiesp ficou de conversar com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sobre o assunto. Casagrande também estará com o ministro na segunda que vem.

“Nos últimos anos, o governo federal não fez praticamente nenhum investimento no Espírito Santo. Não dá para tratar igualmente Estados desiguais”, disse Casagrande que defende a mudança “paulatina”.

“Não fomos contestar a tese da Fiesp. Vamos falar do mecanismo e da transição de alguns anos para mantermos investimento em infra-estrutura. É um preparo para enfrentarmos a realidade”, declarou.

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.