As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Afif opta por salário de R$ 26,7 mil

Julia Duailibi

08 de maio de 2013 | 20h46

O vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD) entregou hoje uma carta ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), na qual pede exoneração da presidência do Conselho Gestor das Parcerias Público-Privadas, função que ocupava desde 2011.

Ele também informou que abrirá mão dos vencimentos que recebe como vice-governador e que optará pela remuneração de ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, cargo para o qual será nomeado nesta quinta-feira. O salário bruto de vice-governador é de R$ 19.629. Já o de ministro é R$ 26.723,13.

Afif assumirá um ministério de Dilma Rousseff (PT), mas não renunciará ao cargo de vice de Geraldo Alckmin (PSDB).

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: