As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Afif opta por salário de R$ 26,7 mil

Julia Duailibi

08 de maio de 2013 | 20h46

O vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD) entregou hoje uma carta ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), na qual pede exoneração da presidência do Conselho Gestor das Parcerias Público-Privadas, função que ocupava desde 2011.

Ele também informou que abrirá mão dos vencimentos que recebe como vice-governador e que optará pela remuneração de ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, cargo para o qual será nomeado nesta quinta-feira. O salário bruto de vice-governador é de R$ 19.629. Já o de ministro é R$ 26.723,13.

Afif assumirá um ministério de Dilma Rousseff (PT), mas não renunciará ao cargo de vice de Geraldo Alckmin (PSDB).

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.