As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aécio diz que não é candidato à Presidência. “Ainda”, completa

Julia Duailibi

20 de fevereiro de 2013 | 16h52

O pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB, senador Aécio Neves (MG), afirmou agora há pouco que sua candidatura para 2014 ainda não está colocada. “Agradeço ao senador (Lindbergh Farias) por ter lançado a minha candidatura (à Presidência), mas ela não está em pauta ainda (…). Essa será uma decisão do meu partido”, afirmou o mineiro.

A declaração era uma resposta ao senador Lindbergh Farias (PT-RJ), que fez uma intervenção durante o pronunciamento de Aécio para dizer que o discurso do mineiro não parecia convincente para um “candidato à Presidência da República”. Foi aí que o tucano respondeu, fazendo uma ponderação sobre sua candidatura, que é dada como certa no PSDB.

O discurso de Aécio foi uma resposta à demanda interna do partido, que pede ao senador para adotar uma postura mais crítica em relação ao governo petista. Aécio escolheu a data de hoje, quando o PT faz evento em São Paulo para comemorar os dez anos do partido no poder. O senador tentou marcar posição apontando os “13 fracassos do PT”. Nos bastidores, no entanto, o mineiro ainda resiste a adotar uma postura mais beligerante. Alega que falta muito tempo ainda para a eleição e que os ataques ao governo podem prejudicar a formação de um leque mais amplo de alianças.

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.