PSDB busca população mais pobre e critica inflação alta

Andrea Vianna

21 de maio de 2013 | 19h30

O PSDB começa a veicular hoje à noite, no horário nobre da tevê aberta e das rádios, uma série de inserções nacionais que apresentam o senador Aécio Neves (MG) como presidente nacional do partido. Os programas buscam massificar a imagem do líder tucano, que deverá representar o partido na disputa à presidência da República em 2014, e estreitar o canal de diálogo do partido com os brasileiros. O público alvo são as camadas mais pobres da população.

São três filmetes, de 30 segundos cada um, que começam a ser veiculados hoje, com reprises no sábado (25) e na próxima terça-feira (28). O programa nacional do PSDB, com 10 minutos de duração, será veiculado na próxima quinta-feira (30), com longa apresentação de Aécio Neves. Apresenta o mineiro como neto do ex-presidente Tancredo Neves, que promoveu um “choque de gestão” no governo de Minas Gerais. O argumento é de que o partido reduziu gastos públicos, convertendo o excedente em investimentos para a população.

Os programas são voltados, principalmente, para as classes C e D, numa linguagem simples, sem efeitos especiais. Pesquisas qualitativas encomendadas pelo partido ao Instituto Ideia, que ouviu 5 mil pessoas, apontaram que os tucanos precisam melhorar a comunicação com esse segmento.

O resultado da pesquisa confirma a diretriz já preconizada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso – patrono da pré-candidatura de Aécio – de que o PSDB precisa de um “banho de povo”. “A nossa mensagem tem que ser simples, tem que ser direta e pegar na população”, defendeu o dirigente tucano.

Inflação

A principal aposta do partido está no programa que apresenta a inflação como um dos principais desafios do atual governo. (assista o vídeo aqui)

 

 

Segundo o programa, trata-se de um fantasma que o PSDB conseguiu espantar no passado, ao garantir a estabilidade econômica por meio do Plano Real. A pesquisa encomendada pelo PSDB identificou que 77,5% dos brasileiros apontam a inflação dos alimentos como principal problema enfrentado pelo atual governo.

Outro programa apresenta Aécio Neves como novo presidente nacional do PSDB e narra sua trajetória política. Também diz que o PSDB quer ouvir mais a população e convida os brasileiros a dialogarem com o partido. O último programa expõe o modelo de governança do PSDB. Apresenta os oito governadores do partido – de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Goiás, Tocantins, Pará, Alagoas e Roraima -, relatando suas ações ao longo de suas administrações.

 

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: