PMDB “regionaliza” inserções para turbinar Chalita e Paes

PMDB “regionaliza” inserções para turbinar Chalita e Paes

João Bosco Rabello

09 de fevereiro de 2012 | 10h27

 

 

Para turbinar a pré-campanha de Gabriel Chalita à Prefeitura de São Paulo, o PMDB decidiu “regionalizar” as inserções nacionais do partido, que começam a ser veiculadas hoje em cadeia nacional de rádio e TV. O objetivo é garantir 5 minutos diários de propaganda estrelada por Chalita, pelo menos por três dias: 16, 18 e 21 de fevereiro. Desta forma, e antes mesmo da definição das alianças, o PMDB antecipa uma vitrine eletrônica exclusiva à sua principal aposta nas eleições municipais, na tentativa de alavancá-lo nas pesquisas e garantir uma vaga no segundo turno.

A estratégia já estava em gestação, mas como a cúpula peemedebista bateu o martelo em cima da hora, não poderá ser colocada em prática a partir de hoje. Advogados do partido trabalham junto às emissoras para tentar executá-la a partir da segunda semana de veiculação, que começa no dia 16. A maior dificuldade é distribuir fitas de conteúdos diferentes (conforme o pré-candidato) às geradoras: uma logística sofisticada, que implica a distribuição de cerca de 400 fitas às cabeças de rede de emissoras espalhadas pelo País.

A mesma tática favorecerá outras apostas do partido, como o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, que tenta se reeleger. Cicerone do Carnaval mais concorrido do mundo, Paes terá à sua disposição horário nobre da programação – intervalo dos desfiles das escolas de samba – para falar aos eleitores, já que as inserções do PMDB vão ao ar no sábado e terça-feira de Carnaval.

Chalita e Paes são as principais apostas do PMDB, mas o partido vai estender a estratégia a outras capitais e cidades de grande porte estratégicas. Outros favorecidos com a “regionalização” da propaganda devem ser os pré-candidatos a prefeito de Salvador (BA), Mário Kertész, de Belém (PA), José Priante, e Boa Vista (RR), Teresa Surita. Em ano eleitoral, a lei garante aos partidos um programa de dez minutos, veiculado em horário nobre, além de 40 minutos em inserções diárias ao longo da programação, sendo 20 minutos em rede nacional e o restante em cadeia estadual de rádio e TV. As inserções estaduais do PMDB vão ao ar em abril e junho. O programa partidário foi veiculado no último dia 19, tendo Chalita como um dos protagonistas.

Tudo o que sabemos sobre:

ChalitaEduardo PaesPMDB

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.