Governo impõe candidatura do PSB em Vitória

Governo impõe candidatura do PSB em Vitória

João Bosco Rabello

28 de abril de 2010 | 15h59

casagrande

Casagrande, primeiro beneficiário da implosão de Ciro Gomes. Foto: Sérgio Dutti/AE.

Daqui a pouco, o vice-governador do Espírito Santo, Ricardo Ferraço (PMDB) deve anunciar sua renúncia à candidatura para o governo do Estado.

A decisão foi tomada ontem, em Brasília, após reunião do governador Paulo Hartung  (PMDB) e do próprio Ferraço na sede provisória da Presidência, no Centro Cultural Banco do Brasil.

O governo impôs a troca de Ferraço pelo senador Renato Casagrande, do PSB, na primeira fatura explícita paga pela implosão da candidatura Ciro Gomes.

Casagrande terá uma vice do PT e um suplente também. Ferraço disputará o Senado.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.