Bolsos vazios

João Bosco Rabello

01 de janeiro de 2011 | 19h45

Além de não conseguirem a reeleição, dezenas de parlamentares da base aliada retornarão a seus Estados sem o pagamento das emendas pelo governo federal. O novo governo já convive com o receio de que a promessa não cumprida se reverta em traições nas primeiras votações no Congresso. O senador reeleito pelo PT do Mato Grosso do Sul, Delcídio Amaral, fez a síntese no Twitter: “Nem rapa do tacho sobrou este ano”.

Tudo o que sabemos sobre:

Delcídio AmaralGovernoPT

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.