‘Pizzada’ na Câmara Municipal de Morrinhos (GO)

Camila Tuchlinski

04 de setembro de 2015 | 08h13

No Brasil, quando os políticos não conseguem resolver uma investigação que envolve os próprios pares das casas legislativas, a população diz que ‘tudo acabou em pizza’. Antes de contar a história da origem do termo, algo curioso, diria pitoresco, aconteceu na Câmara Municipal de Morrinhos, em Goiás.

Durante julgamento dos vereadores Oberdam, do Solidariedade, e de Tom, do PMDB, em que foram absolvidos da acusação de improbidade administrativa, um morador da cidade deu uma ‘pizzada’ no presidente da sessão. Aproximadamente duzentas pessoas acompanhavam a sessão.

ASSISTA O VÍDEO: https://www.youtube.com/watch?v=hvbtTh9cpnE

Oberdam e Tom foram denunciados por terem contratado fantasmas para cargos na Câmara e estavam afastados desde 14 de abril, por decisão judicial, para não atrapalhar as investigações.

Nesta quarta-feira, 02, eles foram absolvidos em segunda votação, que foi secreta! Foram cinco votos a favor da cassação, três contra, um nulo e um branco. Seriam necessários dois terços dos votos para as condenações. Apesar da absolvição, os vereadores seguem afastados da Câmara pelos próximos quatro meses e ficarão sem receber o salário de quase R$ 7 mil. Depois, ao que tudo indica, ‘vida que segue’, para o desgosto dos moradores de Morrinhos.

Intrigada com a ironia da ‘pizzada’ e a relação, digamos, histórica dos políticos com a redonda, decidi correr atrás das origem do termo ‘tudo acaba em pizza’. A fonte é o mestre em História Rainer Sousa, da equipe do blog Brasil Escola. A expressão teria sido criada por um repórter esportivo, que nos anos 60 acompanhava uma crise entre os dirigentes da Sociedade Esportiva Palmeiras. O caso era tão grave que a reunião para resolver o problema durou 14 horas. Esperava-se uma solução, obviamente. E com tantas horas de trabalho, não há estômago que aguente. Os cartolas pediram 18 pizzas gigantes para matar a fome. Ao fim da difícil discussão, parece que houve acordo. Então, o repórter Milton Peruzzi publicou a seguinte notícia: “Crise do Palmeiras termina em pizza”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.