Vocês, ministros!

Vocês, ministros!

Assista ao vídeo em que advogada Daniela Lima de Andrade Borges se dirigiu informalmente aos magistrados em sessão do Supremo, o que provocou pronta reprimenda de Marco Aurélio Mello

Paulo Roberto Netto/SÃO PAULO e Rafael Moraes Moura/BRASÍLIA

07 de novembro de 2019 | 05h00

Em meio ao julgamento sobre a contribuição para o INSS durante a licença-maternidade desta terça-feira, 6, chamou a atenção a cena do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), corrigindo uma advogada que tratou os membros da Corte pelo pronome de tratamento “vocês”.

A reprimenda ocorreu durante a fala de Daniela Lima de Andrade Borges, representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no julgamento. “Inclusive queria confessar aqui para vocês que nessa causa se discute a ausência de cumprimento…”, afirmou a advogada, que foi interrompida pelo ministro.

 

“Presidente, novamente, advogado se dirige aos integrantes do tribunal como vocês. Há de se observar a liturgia!”, disse Marco Aurélio, levando Daniela a pedir escusas. “E é uma doutora, professora”, frisou o ministro.

A advogada replicou: “Peço desculpas a Vossa Excelência. Talvez pelo nervosismo. O senhor, Vossa Excelência, tem toda a razão. Peço desculpas. É o que posso fazer no momento.”

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

 

Tudo o que sabemos sobre:

Marco Aurélio Mello

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: