‘Vocês ainda não morreram porque eu quero receber’

Ouça as ameaças do ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Rio Rogério Onofre, alvo da Operação Ponto Final que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo, mandou soltar

Julia Affonso e Luiz Vassallo

24 Agosto 2017 | 05h00

A Procuradoria da República pediu novamente a prisão do ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ) Rogério Onofre na Operação Ponto Final – que investiga a cúpula do Transporte do Rio. Desta vez, os investigadores sustentam que Onofre fez ameaças de morte a outros suspeitos. Em solicitação enviada nesta quarta-feira, 23, ao juiz Marcelo Bretas, da 7.ª Vara Federal do Rio, a Procuradoria relata que Onofre, solto por ordem do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, fez ‘ameaças de morte’ contra outros investigados.

OUÇA:

Lava Jato acha telefone da mulher de Gilmar no celular do Rei do Ônibus

Lava Jato vê ‘intrincadas relações’ entre Gilmar e Rei do Ônibus

‘Se isso prevalecer, o rabo abana o cachorro’, diz Gilmar

Em carta aberta ao Supremo, procuradores atacam Gilmar

Mais conteúdo sobre:

Gilmar Mendesoperação Lava Jato