Veja vídeos de fuga de mulher de lobista com ‘pacote de grande volume’

Relatório da PF mostra que agentes chegaram à casa de Guilherme Esteves às 4h57 do dia 6 de fevereiro para buscas; a mulher dele alegou que precisava 'prender os cachorros' e fugiu pelos fundos

Redação

29 de março de 2015 | 01h50

Por Julia Affonso, Ricardo Brandt e Fausto Macedo

A Polícia Federal detalhou em relatório como o lobista Guilherme Esteves de Jesus, apontado como pagador de propinas na Diretoria de Serviços da Petrobrás, tentou ludibriar os agentes que, na madrugada de 6 de fevereiro, foram à sua residência, no Rio, para cumprir mandado de busca e apreensão. Minuto a minuto, o documento da PF descreve que a mulher de Esteves escapou pelos fundos do imóvel com “um pacote de grande volume”, enquanto os policiais aguardavam.

O relatório da PF é ilustrado com imagens das próprias câmeras de segurança do imóvel. Essa conduta de Esteves pesou na decisão do juiz federal Sérgio Moro, que dirige todas as ações penais da Operação Lava Jato, em decretar sua prisão, o que ocorreu nesta sexta feira, 27.

O relatório da PF destaca que Lilia Loureiro Esteves de Jesus, mulher do lobista, “enganou os policiais”. Ela não os deixou entrar imediatamente na casa, sob a justificativa de que teria de ‘prender os cachorros’. A PF chegou às 4h57 na casa do operador que teria repassado valores para Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobrás, e João Vaccari Neto, tesoureiro do PT.

“Todavia, as autoridades policiais só foram recebidas 8 minutos depois, quando Guilherme Esteves de Jesus abriu a porta da casa, já havendo tentativa de entrada forçada no local por parte da equipe policial”, relatou a PF à Procuradoria da República. “O investigado (Esteves) informou aos policiais, mediante questionamento, que possuía duas armas de fogo no local – uma sem registro -, assim como de que estariam em casa apenas duas filhas. Ao ser perguntado sobre Lília Loureiro Esteves de Jesus, visto que foi quem os atendeu via interfone, disse que ela também se encontrava no local e que estaria preocupado com a esposa, já que não conseguia encontrá-la.”

O Ministério Público Federal destaca que descobriu-se, por meio de análise das câmeras de segurança do local, que Lilia, com a colaboração de Guilherme, “durante lapso temporal de 8 minutos em que a equipe aguardava ser o acesso franqueado”, saiu da casa com “um pacote de grande volume”. O episódio foi lembrado pelo juiz federal Sérgio Moro no despacho em que mandou prender Guilherme Esteves.

“Há uma descrição detalhada dos fatos no relatório policial”, ressaltou Moro. “Foram ainda anexadas ao processo as imagens das câmeras na qual a fuga e ocultação de provas está evidenciada.”

“Da análise da sequência das imagens, considerando que Lilian portava um pacote ao sair da casa e que Guilherme intencionalmente tentou encobrir evidências da saída de sua esposa ao fechar pelos trincos internos a porta dos fundos de sua casa, ficou claro, portanto, que houve evidente intenção de sonegar provas que poderiam ser apreendidas no curso da execução do mandado de busca e apreensão em união de desígnios do casa.”

ASSISTA MINUTO A MINUTO OS MOVIMENTOS DO PAGADOR DE PROPINAS E DE SUA MULHER NO DIA 6 DE FEVEREIRO

1) Câmera 3, aproximadamente às 4:57:00 equipe policial chega à casa e interfona, sendo atendida pela sra. Lilian.

2) Câmera 7, às 5:01:18: Lilia sai da casa principal pelos fundos.

3) Câmera 8, às 5:01:24: Lilia é vista correndo pelo quintal e ultrapassando obstáculo próximo à piscina.

4) Câmera 9, às 5:01:33: Lilia é vista caminhando em direção ao portão dos fundos;

5) Câmera 07, às 5:02:40: vê-se Guilherme saindo pela porta dos fundos da casa principal.

6) Câmera 08, às 5:03:04: Guilherme passa correndo em direção ao portão dos fundos;

7) Câmera 09, às 5:03:10: Guilherme passa correndo em direção ao portão dos fundos;

8) Câmera 09, às 5:03:18, vê-se Guilherme abrindo o portão dos fundos;

9) Câmera 09, às 5:03:20: vê-se Guilherme fechando o portão dos fundos;

10) Câmera 09, às 5:03:50, vê-se Guilherme retornando à casa principal;

11) Câmera 08: às 5:03:55, vê-se Guilherme correndo e ultrapassando obstáculo para retornar à casa;

12) Câmera 07, às 5:03:57, vê-se Guilherme correndo em direção à casa;

13) Câmera 04, às 5:04:29, Guilherme sai pela porta dianteira da casa em direção ao portão para franquear acesso aos policiais;

14) Câmera 03, às 5:04:44, Guilherme atende os Policiais Federais para receber o mandado e franquear o acesso.