Veja imagens da Cifra Oculta, que investiga crimes eleitorais na campanha de Haddad

Veja imagens da Cifra Oculta, que investiga crimes eleitorais na campanha de Haddad

A Polícia Federal apura suposto pagamento de dívidas de campanha do ex-prefeito de São Paulo, pela UTC Engenharia, referente a serviços gráficos no valor de R$ 2,6 milhões

Julia Affonso, Fausto Macedo e Luiz Vassallo

01 Junho 2017 | 11h25

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 1, a Operação Cifra Oculta para apurar crimes eleitorais e lavagem de dinheiro relacionados à campanha, em 2012, do então candidato Fernando Haddad (PT), para prefeitura municipal de São Paulo. A ação é um desdobramento da Operação Lava Jato.

As investigações miram pagamentos de R$ 2,6 milhões da UTC Engenharia para a suposta quitação de de dívidas da campanha de Haddad com gráficas ligadas ao ex-deputado estadual Francisco Carlos de Souza, conhecido como Chico Gordo. A dívida teria sido paga por meio de um doleiro, em transferências bancárias e dinheiro vivo, para empresas.

VEJA AS FOTOS DA OPERAÇÃO CIFRA OCULTA: