TSE veta candidatura de Paulo Maluf

Por 4 votos a 3, Corte rejeita recurso de ex-prefeito

Fausto Macedo

23 de setembro de 2014 | 22h43

Fausto Macedo

O Tribunal Superior Eleitoral vetou na noite desta terça feira, 23, a candidatura do deputado e ex-prefeito de São Paulo Paulo Maluf (PP), que pretendia concorrer à reeleição à Câmara dos Deputados.

Por 4 votos a 3, os ministros do TSE rejeitaram provimento ao recurso de Maluf contra decisão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo que, pelo mesmo placar, indeferiu o registro da candidatura no dia primeiro de setembro enquadrando o político na lei da Ficha Limpa por condenação em processo de improbidade administrativa – quando prefeito de São Paulo, entre 1993 e 1996, Maluf contratou, a preços superfaturados, segundo o Ministério Público Estadual, as obras do túnel Ayrton Senna .

Votaram contra o recurso de Maluf a ministra Luciana Lóssio, relatora, o ministro Luiz Fux, a ministra Maria Thereza Assis Moura e o ministro Admar Gonzaga Neto.

A favor da candidatura de Maluf votaram os ministros João Otávio Noronha, Dias Toffoli, presidente da Corte, e Gilmar Mendes.

A defesa de Maluf informou que irá apresentar recurso contra a decisão do TSE.