Tribunal do Trabalho do Ceará muda rotina para ver o Brasil na Copa

Tribunal do Trabalho do Ceará muda rotina para ver o Brasil na Copa

Se a seleção do Tite chegar à final da competição, sete dias de expediente no TRT-7 terão jornada reduzida ou cancelada; ato regimental do vice-presidente da Corte prevê suspensão dos trabalhos nos dias em que o escrete entrar em campo de manhã

Victor Irajá, especial para o Blog

01 Maio 2018 | 16h39


O vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 7.ª. Região (TRT-7), do Ceará, publicou ato regimental fixando os horários de funcionamento da Corte nos dias de jogos da Seleção na Copa 2018 na Rússia. A grande festa do futebol vai de 14 de junho a 15 de julho.

No exercício da presidência do tribunal, o vice-presidente Jefferson Quesado Júnior definiu que, nos dias em que o escrete nacional começar a jogar às 9hs, 11hs ou 12hs, o expediente será suspendo durante todo o dia.

O Brasil pega a Costa Rica no dia 22 de junho, às 9 hs.

Nos dias em que o Brasil entrar em campo às 15h – como na primeira fase da Copa, contra a Suíça, em 17 de junho, e Sérvia, 27 -, o turno de trabalho se dará entre às 7h30 e 13h30.

Quesado Júnior decidiu que o ato alcança todos os funcionários do tribunal e que ‘cada Órgão, Secretaria, Divisão, Assessoria, Setor ou Vara do Trabalho deverá remarcar os atos e audiências porventura já agendados para além do horário de encerramento do expediente ou nos dias em que não haverá expediente’.

Se a seleção do Tite chegar à final da competição, sete dias de trabalho no TRT-7 terão jornada reduzida ou cancelada.

Mais conteúdo sobre:

Copa do MundoJustiça