Tribunal de Contas faz blitz em 300 hospitais, UBS, UPAs e prontos-socorros em São Paulo

Tribunal de Contas faz blitz em 300 hospitais, UBS, UPAs e prontos-socorros em São Paulo

303 agentes de fiscalização da Corte de Contas vistoriam, em 229 cidades paulistas, as condições dos estabelecimentos de saúde e os serviços oferecidos pelo Estado e municípios à população

Pepita Ortega e Fausto Macedo

25 de junho de 2019 | 10h59

Foto: Patrícia Cruz/Governo SP

O Tribunal de Contas de São Paulo realiza nesta terça, 25, vistorias em 300 unidades de saúde de 229 cidades do interior, litoral e Capital do Estado. A ação busca verificar as condições dos serviços oferecidos à população nos Hospitais Municipais, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e nos Prontos-Socorros.

A ação é realizada por 303 agentes da fiscalização da Corte de Contas paulista e dados e informações sobre as vistorias podem ser acompanhados em tempo real por uma central de monitoramento.

Dos 300 órgãos que serão vistoriados, 29 são administrados pelo Estado e 271 são de responsabilidade dos municípios. Também passarão pela fiscalização os órgãos administrados por  Fundações, Institutos, Associações e Consórcios.

Durante a vistoria, os agentes do Tribunal de Contas checarão: a situação dos almoxarifados e dos estoques de medicamentos; as condições dos aparelhos, equipamentos e salas; a presença efetiva de médicos e servidores; os itens de segurança; a atuação de empresas terceirizadas ou administradas por Organizações Sociais de Saúde; a qualidade do atendimento e o grau de satisfação dos usuários.

A previsão do Tribunal de Contas e a de que a operação termine às 15h. Ao fim das vistorias, um relatório de atividades parcial será divulgado.

Tendências: