Transformação digital passa pelo RH

Marco Michaluate*

07 de maio de 2021 | 03h00

A tecnologia está tão presente na vida das pessoas que às vezes nem percebemos. A gente se dá conta da importância que a tecnologia tem em nossas vidas apenas quando o celular está sem sinal ou quando acaba a luz, nos deixando sem internet. E é nesse cenário que a Transformação Digital está crescendo, não com o movimento das empresas, mas com o avanço da tecnologia na vida de cada ser humano.

Muitos gestores de marca acreditam que a Transformação Digital se inicia pela tecnologia. Ledo engano. Ela passa primeiro por pessoas, depois pelo entendimento de consumidor, novamente pelas pessoas, para aí sim pensar na tecnologia. Quando falamos de pessoas, dentro da empresa, o RH é o primeiro e mais importante setor, por isso o marketing está cada dia mais próximo dele para começar o processo de Transformação Digital dentro das empresas.

Atualmente, o RH tem um novo papel mais atrelado a tecnologias. O chamado RH4.o começa a ganhar força. Ele se pauta em estratégias de engajamento e satisfação dos colaboradores, é a área que entende, cada vez mais, que as pessoas querem ser valorizadas como seres humanos e não apenas como colaboradores. Com isso, usa tecnologias disruptivas para buscar essa satisfação, trazendo, além de bom ambiente, benefícios que eles as entendam como oportunidades de negócios, não apenas fidelizando, como também engajando as pessoas. Com profissionais mais engajados, maior é a produtividade.

A união de pessoas com a tecnologia é que impulsiona a Transformação Digital dentro das empresas. Cabe ao RH criar espaços para que isso ocorra, por exemplo, a integração de times. Não é apenas o RH e o Marketing que devem estar atentos a isso, são todos os departamentos, e o RH tem papel fundamental nessa união, em que, através de seus recursos poderá combinar elementos como inovação tecnológica, conhecimento, eficiência, satisfação, estratégias e valores humanos, integrados com a tecnologia que está disponível para as empresas.

É interessante entender que cabe ao RH implantar esse pensamento tecnológico na a cultura organizacional da sua empresa, estando lado a lado com todas as lideranças da empresa, por isso, é fundamental que o RH e Marketing não sejam os únicos envolvidos nesse processo.

O RH deve reforçar a sua responsabilidade de conhecer bem as equipes e contar com elas pra vencer os desafios que a tecnologia e os novos rumos do mundo trazem. São elas que inspiram e orientam os funcionários pra que todos se envolvam profundamente com as mudanças, que não são poucas, dentro do que a tecnologia tem feito no mundo.

A evolução do mundo nos últimos 20 anos é superior ao que evoluímos nos últimos 100. De iFood a Netflix, de Amazon a Google, as empresas que hoje dominam o mercado em paixão de marca e valores, nos anos 2000, ou eram minúsculas ou nem existiam. Graças à tecnologia, o que um dia foram startups hoje são conglomerados bilionários que têm a tecnologia e as pessoas a seu favor. E nós sabemos muito bem disso, pois somos uma startup que almeja o sucesso, estamos no caminho, crescendo mais do que esperado, mas sempre com os pés no chão, procurando primeiro conhecer pessoas, para depois saber como nossa tecnologia vai trazer as melhores oportunidades de negócios para as mais de 300 mil vidas que cuidados todos os dias.

*Marco Michaluate, CEO da New Value

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.