Traficante esconde 300 quilos de maconha em caixões lacrados e diz que eram corpos de vítimas da covid-19

Traficante esconde 300 quilos de maconha em caixões lacrados e diz que eram corpos de vítimas da covid-19

Polícia Militar de Goiás flagrou carro funerário durante fiscalização na BR-060

Pedro Prata e Rayssa Motta

16 de junho de 2020 | 15h22

Droga estava escondida em dois caixões. Foto: Reprodução/Polícia Militar

A Polícia Militar de Goiás apreendeu 300 quilos de maconha escondidos em caixões transportados por um carro funerário. A droga foi encontrada na madrugada de segunda-feira, 15, durante fiscalização na BR-060, na altura do município de Jataí, localizado a cerca de 300 quilômetros da capital do Estado.

De acordo com os agentes, o motorista, de 22 anos, disse que estava transportando dois corpos de vítimas da Covid-19 e que os caixões estavam lacrados seguindo protocolo para evitar o contágio do vírus. Ele informou ainda que havia saído de Ponta Porã, no Mato Grosso, e seguia para Goiânia.

Os policiais solicitaram a documentação necessária para o transporte dos corpos, mas condutor não apresentou. Diante disso, a equipe decidiu abrir os caixões e encontrou a droga. O suspeito e o carregamento foram levados para a Delegacia de Polícia.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Goiás [estado]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: