Trabalho remoto é uma alternativa positiva para a geração de novos clientes

Trabalho remoto é uma alternativa positiva para a geração de novos clientes

Otávio Pepe*

20 de agosto de 2021 | 03h00

Otávio Pepe. FOTO: DIVULGAÇÃO

Já estamos há quase dois anos vivendo uma pandemia que mudou bruscamente o mercado de trabalho. Isso porque novas medidas tiveram que ser adotadas de forma rápida e eficiente. Foi uma situação nova onde o trabalho remoto nunca foi tão valorizado como nos dias atuais. Além da tecnologia embarcada, que foi muito utilizada pelas empresas, a economia foi bastante significativa.

Entre os meses de maio de 2020 e junho de 2021, o Ministério da Economia apurou que o governo federal economizou R$ 1,4 bilhão com os servidores públicos em trabalho remoto, considerando diárias em viagens a trabalho, passagens e despesas com locomoção, serviços de energia elétrica, água e esgoto, além de cópias e reprodução de documentos.

O período da pandemia acabou gerando uma dúvida na cabeça de muitos empresários. Optar por trabalho remoto ou a volta ao escritório? Espera-se que até o fim do ano, toda a população brasileira esteja vacinada com todas as doses necessárias.

Cabe, agora, cada responsável por sua empresa ou área, desenvolver um projeto que seja benéfico para seus colaboradores e clientes. Ao contrário do que muita gente diz, é possível alcançar sucesso em meio a esse caos que estamos perto de acabar, mas é preciso muito compromisso não só de quem está lá em cima, mas de todos os funcionários como um todo.

*Otávio Pepe é diretor Brasil da Clever Global

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.