TJ-SP elege novo presidente nesta quarta-feira

Mateus Coutinho

03 Dezembro 2013 | 15h06

Ao todo, 356 desembargadores participam do processo que vai definir os cargos de direção e cúpula da maior Corte estadual do País

por Mateus Coutinho

O Tribunal de Justiça de São Paulo elege nesta quarta-feira, 4, os nomes que vão ocupar a Mesa Diretora para o biênio 2014/2015. Serão definidos os ocupantes dos cargos de direção (presidente, vice e corregedor-geral) e cúpula (presidentes de seção) da maior Corte do país.

A votação começa às 9 h da manhã e o primeiro resultado está previsto para sair já ao meio-dia. Todos os 356 desembargadores do Estado votam por meio de urnas eletrônicas e, caso não haja vencedor com maioria absoluta de votos (179) na primeira divulgação, será feita uma nova votação, a ser realizada das 13h30 até as 15h30.

João Carlos Saletti, José Renato Nalini, Paulo Dimas de Bellis Mascaretti e Vanderci Álvares são os desembargadores que almejam a cadeira ocupada atualmente pelo desembargador Ivan Sartori. O atual presidente do TJ-SP desistiu de inserir seu nome na disputa depois que o Conselho Nacional de Justiça derrubou a possibilidade de reeleição.

Já na disputa da vice-presidência estão os desembargadores Antonio Carlos Malheiros, Eros Piceli e José Carlos Gonçalves Xavier de Aquino. Todos os mandatos valem por 2 anos.

Para os cargos de cúpula, os desembargadores votam apenas para o presidente da seção que integram – Direito Público, Direito Privado e Direito Criminal. A votação acontece no mesmo horário (9h) , mas em salas diferentes.

A eleição do Conselho Consultivo da Escola Paulista da Magistratura (EPM) será no mesmo dia e horário, sendo necessária apenas a maioria simples dos votos, isto é, quem tiver a maior quantidade do total de votos computados.

Abaixo, segue a relação de candidatos que disputam as eleições do TJ-SP. Confira também as entrevistas com os candidatos a presidente e a vice.

Presidência
João Carlos Saletti
José Renato Nalini
Vanderci Álvares
Paulo Dimas de Bellis Mascaretti

Vice-Presidência
José Carlos Gonçalves Xavier de Aquino
Antonio Carlos Malheiros
Eros Piceli

Corregedoria Geral da Justiça
Hamilton Elliot Akel
Luis Antonio Ganzerla
Armando Sérgio Prado de Toledo

Presidência de Direito Criminal
Geraldo Francisco Pinheiro Franco
Otávio Henrique de Sousa Lima

Presidência de Direito Privado
Artur Marques da Silva Filho

Presidência de Direito Público
Ricardo Cintra Torres de Carvalho
Ricardo Mair Anafe

Escola Paulista da Magistratura
Chapa – Maia da Cunha
Diretor: Fernando Antonio Maia da Cunha
Vice-Diretor: Manoel de Queiroz Pereira Calças
Conselho Consultivo:
Antonio Carlos Villen (Direito Público)
Antonio Celso Aguilar Cortez (Direito Público)
Itamar Gaino (Direito Privado)
Francisco Eduardo Loureiro (Direito Privado)
Luiz Augusto de Siqueira (Direito Criminal)
Maria de Lourdes Rachis Vaz de Almeida (Direito Criminal)
Claudio Luiz Bueno de Godoy (juiz de entrância final)

Chapa – Soares Levada
Diretor: Cláudio Antonio Soares Levada
Vice-Diretor: José Helton Nogueira Diefenthäler Júnior
Conselho Consultivo:
Francisco Olavo Guimarães Peret Filho (Direito Público)
Luciana Almeida Prado Bresciani (Direito Público)
Paulo Eduardo Razuk (Direito Privado)
Rosa Maria Barreto Borriello de Andrade Nery (Direito Privado)
José Orestes de Souza Nery (Direito Criminal)
Ruy Alberto Leme Cavalheiro (Direito Criminal)
Alfredo Attié Júnior (juiz de entrância final)

Chapa – Décio Notarangeli
Diretor: Décio de Moura Notarangeli
Vice-Diretor: Luiz Fernando Salles Rossi
Conselho Consultivo:
Alberto Gentil de Almeida Pedroso Neto (Direito Público)
Eduardo Cortez de Freitas Gouvêa (Direito Público)
Álvaro Torres Júnior (Direito Privado)
Israel Góes dos Anjos (Direito Privado)
Fernando Antonio Torres Garcia (Direito Criminal)
Hermann Herschander (Direito Criminal)
Augusto Drummond Lepage (juiz de entrância final)

 

 

Mais conteúdo sobre:

Eleições no TJ-SP