TJ manda TAM indenizar cliente por troca de horário de voo

TJ manda TAM indenizar cliente por troca de horário de voo

Passageiro perdeu voo por causa de alteração

Redação

26 de setembro de 2014 | 18h23

Por Julia Affonso

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que a TAM indenize um cliente de São Paulo que perdeu voo de conexão por alteração do horário de decolagem. O valor é de R$ 10 mil, por danos morais.

No processo, segundo o TJ, o passageiro conta que adquiriu duas passagens aéreas para a Bolívia. Ele afirma que a TAM mudou a conexão do voo de retorno ao Brasil, impondo um horário difícil de ser cumprido, com intervalo de poucos minutos entre uma aeronave e outra. O passageiro diz ter sido obrigado a permanecer no aeroporto por 12 horas, sem auxílio necessário, e por isso acabou comprando passagens de outra companhia.

 

tamdanielteixeirablog

O relator da apelação da empresa, Sebastião Junqueira, entendeu que a indenização é devida porque ficou claro que o passageiro sofreu transtornos e aborrecimentos com a perda da conexão e a espera para o embarque no novo voo contratado. “Os bilhetes emitidos não são de fácil compreensão, mas demonstram que a apelante seria a responsável pelo transporte no trajeto entre Santa Cruz e Assunção e, como bem ponderado pelo magistrado, o contrato de transporte da apelante encontra-se na mesma cadeia de consumo que integra o transporte do autor da cidade de La Paz até São Paulo, com as conexões nele previstas”, observou. “A companhia aérea deve zelar pela prestação de serviços eficientes e responder por danos provocados a seus clientes.”

Com a palavra, a TAM.
A empresa informou que se manifestará nos autos do processo.

Tudo o que sabemos sobre:

TJ-SP