Termo de delação 1 de Palocci

Ex-ministro dos governos Lula e Dilma detalha, em um dos anexos de sua colaboração com a Polícia Federal, o suposto loteamento de cargos na Petrobrás em troca de financiamento para campanhas petistas

Luiz Vassallo, Fausto Macedo, Julia Affonso e Ricardo Brandt

01 Outubro 2018 | 15h04

O juiz federal Sérgio Moro levantou sigilo sobre um dos termos de colaboração premiada de Antônio Palocci, ex-ministro dos governos Lula e Dilma. No seu primeiro anexo de delação premiada, Palocci detalha o suposto loteamento de cargos na Petrobrás em troca de financiamento para campanhas petistas.

Documento