Temer cogita Mariz para a Segurança Pública

Temer cogita Mariz para a Segurança Pública

Alberto Bombig

15 de fevereiro de 2017 | 15h44

Michel Temer e Antônio Cláudio Mariz de Oliveira. FOTOS: ESTADÃO

Michel Temer e Antônio Cláudio Mariz de Oliveira. FOTOS: ESTADÃO

O presidente Michel Temer voltou a cogitar um convite ao advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira para que ele ocupe um cargo de primeiro escalão no governo. Mariz, no entanto, não seria aproveitado no Ministério da Justiça, como foi pensando anteriormente.

No novo arranjo analisado pelo Planalto, o advogado poderia comandar uma secretaria com status de ministério para cuidar da Segurança Pública.

Mariz tem experiência na área. Ele já foi secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo (Governo Quércia).

Nesse cenário, conforme interlocutores do presidente, não haveria impedimentos éticos de Mariz em relação à Lava Jato, já que ele é advogado de investigados pela operação. Temer gostaria de contar com Carlos Velloso na Justiça e Mariz de Oliveira na Segurança porque são juristas de sua mais alta confiança, disse um amigo do presidente ao Estado.

O nome do ex-secretário do Rio José Mariano Beltrame também está entre os cotados para a vaga na Segurança.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.