Surto de gripe e covid-19: prevenção e aumento da imunidade

Surto de gripe e covid-19: prevenção e aumento da imunidade

Fernanda Cortez*

04 de janeiro de 2022 | 05h00

Fernanda Cortez. FOTO: DIVULGAÇÃO

A covid-19 e o surto de gripe reforçam ainda mais os cuidados com a higienização pessoal e com os ambientes que precisam ser reforçados a todo o momento, principalmente quando se trata do convívio em espaços coletivos. Mas, além disso, cuidar da nossa imunidade é algo muito importante e essencial.

Ter atenção especial com a imunidade é benéfico em vários aspectos para o organismo, dentre eles, estar preparado para doenças virais, como gripes.

Através da soroterapia, ideal para quem procura facilidade e agilidade em momentos como este em que há aumento no número de casos de doenças virais. Seu objetivo é fortalecer todo o sistema imunológico, com a ajuda de vitaminas e minerais que deixarão seu organismo mais forte contra resfriados, gripes ou alergias.

A imunidade, também conhecida como Sistema Imunológico, é o processo de proteção do nosso corpo. É através dela que somos capazes de eliminar moléculas instáveis como os radicais livres, causadores de doenças e inflamações. Quando estamos com baixa imunidade tendemos a ficar fracos, com dores de cabeça e mais suscetíveis a pegar doenças, principalmente as virais como gripe e viroses.

A queda do desempenho do sistema imunológico é causada principalmente pela má alimentação, um dos principais pilares da nossa saúde. A falta de ingestão de água, vitaminas, nutrientes e antioxidantes, atrelados ao sedentarismo, estresse e a má qualidade do sono, geram inflamações em nossos corpos, causando doenças e problemas intestinais como a disbiose, que é a proliferação desequilibrada das bactérias ruins do nosso intestino, que geram a constipação ou diarreia.

Para melhorar nossa saúde, aumentar a nossa imunidade e nos prevenir de doenças, o ideal é buscar ajuda de um médico especialista, para que possa ser realizado exames que apontem quais são as deficiências do organismo de cada paciente e realizar uma suplementação específica para a sua necessidade. Ainda assim, hábitos que trazem benefícios à saúde devem fazer parte de nossas rotinas, como a prática de atividade física, mesmo que dentro de casa, investir em técnicas para melhorar o nosso sono, como meditação, por exemplo, e evitar o consumo em excesso de café, açúcares, glúten, lactose e frituras que são alimentos que atrapalham na absolvição das vitaminas minerais e antioxidantes.

*Fernanda Cortez, nutróloga e ortomolecular. Formada em Ciências Médicas pela Faculdade Santa Marcelina; Internship em Endocrinologia e Diabetes pelo Joslin Diabetes Center, da Harvard Medical School, em Boston – Estados Unidos; pós-graduada em Nutrologia pela ABRAN (Associação Brasileira de Nutrologia); pós-graduanda em Nutriendocrinologia Funcional; e pós-graduada em Tricologia (medicina do cabelo) pela BWS

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.