Sucessor de Barusco na Petrobrás confessa ilícitos a Moro

Sucessor de Barusco na Petrobrás confessa ilícitos a Moro

Ex-gerente executivo Roberto Gonçalves está preso desde 29 de março por suspeita de recebimento de propina