‘Serviço Sério’ da PF investiga venda de decisões no Tribunal de Justiça do Amapá

‘Serviço Sério’ da PF investiga venda de decisões no Tribunal de Justiça do Amapá

Operação deflagrada nesta quarta, 10, mira um desembargador e cumpre mandados de busca e apreensão em Macapá para apurar possíveis crimes cometidos por agentes públicos e privados; as ordens foram expedidas pela Ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça

Fausto Macedo e Pepita Ortega

10 de julho de 2019 | 10h53

O prédio do TJAP. Foto: Google Maps

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta, 10, em Macapá, a Operação Serviço Sério, com o objetivo de obter provas, aprender bens e realizar oitivas sobre supostos crimes cometidos por agentes públicos e privados junto ao Tribunal de Justiça do Amapá. Intermediários de um desembargador estariam exigindo valores de pessoas interessadas por decisões judiciais.

Mandados de busca e apreensão foram expedidos pela ministra Nancy Andrighi, do Superior Tribunal de Justiça. Um dos investigados na operação tem prerrogativa de foro junto à Corte Superior.

A ministra relatora intimou os envolvidos e e proibiu que os mesmos mantenham contato entre si. Em caso de descumprimento, a prisão preventiva dos investigados pode ser decretada.

A investigação corre sob segredo de justiça.

COM A PALAVRA, O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO AMAPÁ

A reportagem entrou em contato com o Tribunal de Justiça do Amapá. O espaço está aberto para manifestações.

Tendências: