Sérgio Cabral hoje presta contas a Moro

Sérgio Cabral hoje presta contas a Moro

Ex-governador do Rio e sua mulher Adriana Ancelmo vão ser interrogados em Curitiba na ação penal sobre corrupção nas obras do Comperj

Fausto Macedo e Ricardo Brandt

27 de abril de 2017 | 10h12

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral e a mulher Adriana Ancelmo em viagem pela Europa. Foto: Reprodução/Blog do Garotinho

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e sua mulher, a advogada Adriana Ancelmo, ficarão frente a frente com o juiz federal Sérgio Moro nesta quinta-feira, 27, às 14h. Sérgio Cabral é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo a denúncia da força-tarefa da Operação Lava Jato, o ex-governador recebeu propina de pelo menos R$ 2,7 milhões da empreiteira Andrade Gutierrez, entre 2007 e 2011, referente as obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), da Petrobrás.

O peemedebista foi preso em 17 de novembro do ano passado. Cabral está custodiado no Complexo do Bangu, no Rio.

Adriana Ancelmo cumpre prisão domiciliar em sua casa no Leblon, no Rio. Nesta quarta-feira, 26, a Primeira Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) decidiu mandar a ex-primeira dama do Rio de volta à prisão, mas ela continuará cumprindo pena domiciliar até o julgamento de todos os recursos do processo.

Segundo a investigação, o contrato do Comperj tinha o valor original de R$ 819,8 milhões e recebeu cinco aditivos que elevaram o valor para R$ 1.17 bilhão.

A Procuradoria aponta que as propinas teriam sido depois acertadas pelos dirigentes da Andrade Gutierrez com o então governador do Rio e ‘seus associados’.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.