Salomão põe na internet relatório de seus principais julgamentos

Salomão põe na internet relatório de seus principais julgamentos

Gabinete do ministro do Superior Tribunal de Justiça destaca redução em 15,3% do acervo de processos em curso; em 2019, ele julgou 12.474 processos, incluindo agravos e embargos de declaração

Redação

30 de janeiro de 2020 | 14h10

Luis Felipe Salomão. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Luis Felipe Salomão apresentou relatório com os principais casos julgados por ele em 2019 e um balanço estatístico de produtividade. Na página individual de Salomão é possível ter acesso à íntegra dos relatórios, produzidos pelo seu gabinete a partir dos balanços elaborados pela Assessoria de Modernização e Gestão Estratégica.

Os relatórios são divulgados anualmente pelo gabinete do ministro.

A página é hospedada em espaço do site do STJ dedicado à divulgação do currículo, de publicações e palestras dos ministros, e que disponibiliza também as estatísticas dos gabinetes, informou a Corte.

Redução no acervo

Ao longo de 2019, o gabinete reduziu em 15,3% o número de processos em tramitação, passando de 7.636, em dezembro de 2018, para 6.469, em dezembro passado – desses, 5.212 conclusos para julgamento.

O total de julgamentos do ministro Salomão no período foi de 12.474 processos, incluindo agravos e embargos de declaração.

No relatório de julgamentos, destacaram-se decisões de Luis Felipe Salomão em dois temas repetitivos, além de entendimentos firmados na Segunda Seção, como no EAREsp 1.255.986, ou na Quarta Turma, no caso do REsp 1.470.356

Tudo o que sabemos sobre:

Superior Tribunal de Justiça

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.