Sai lista tríplice para procurador-geral do Trabalho

Sai lista tríplice para procurador-geral do Trabalho

Raquel Dodge deverá nomear o novo ocupante do cargo; mandato atual termina dia 22; Alberto Bastos Balazeiro foi o mais votado

Pedro Prata

07 de agosto de 2019 | 18h17

Os procuradores do Ministério Público do Trabalho decidiram em votação na terça-feira, 6, a lista tríplice para a escolha do futuro procurador-geral do Trabalho.

Os três candidatos a procurador-geral do Trabalho, em debate promovido pela Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT). Foto: Gustavo Rocha/ANPT

De acordo com a Comissão Eleitoral e Apuradora, o candidato que recebeu mais votos foi o procurador Alberto Bastos Balazeiro, com 563 votos.

Balazeiro já esteve à frente do Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) e, atualmente, é diretor-adjunto da Escola Superior do Ministério Público da União.

O procurador do Trabalho Alberto Bastos Balazeiro teve 563 votos. Foto: ESMPU/Divulgação

O segundo colocado foi Carlos Eduardo de Azevedo de Lima, com 210 votos. Ele é procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da Paraíba.

Carlos Eduardo de Azevedo de Lima, procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da Paraíba. Foto: ANPT/Divulgação

Já o subprocurador-geral Ricardo José Macedo de Britto Pereira obteve a terceira maior quantidade de votos: 152.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deverá nomear o novo procurador-geral do Trabalho.

O mandato atual, de Ronaldo Fleury, termina em 22 de agosto.

Tudo o que sabemos sobre:

Ministério PúblicoRaquel Dodge

Tendências: