Sabe de propina a Moreira Franco?, pergunta Eduardo Cunha a Temer

Sabe de propina a Moreira Franco?, pergunta Eduardo Cunha a Temer

Para acuar o presidente, ex-deputado preso na Lava Jato arrola peemedebista como testemunha em processo sobre desvios no FI-FGTS e faz sete questionamentos sobre ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência

Julia Affonso e Luiz Vassallo

06 de julho de 2017 | 05h00

Moreira Franco. Foto: Fabio Motta/Estadão

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em nova tentativa de emparedar o presidente Michel Temer (PMDB), que arrolou como testemunha de defesa em ação que apura supostas irregularidades no Fundo de Investimentos do FGTS, reservou sete perguntas de um total de 22 em que cita especificamente o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco (PMDB). Os questionamentos foram encaminhados a Temer nesta terça-feira, 4.

Moreira Franco é antigo aliado do presidente. Em maio, Temer reeditou uma Medida Provisória que garantiu foro privilegiado ao amigo.

Entre 2007 e 2010, Moreira Franco foi vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal.

+ Cunha tentou emparedar Temer com perguntas sobre amigo José Yunes

Eduardo Cunha foi preso na Operação Lava Jato em outubro de 2016. O juiz federal Sérgio Moro condenou o ex-presidente da Câmara a 15 anos e quatro meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-deputado estuda fazer delação premiada.

Ele também é réu em ação penal na 10.ª Vara Federal de Brasília por esquema de corrupção no âmbito do FI-FGTS. Ele arrolou o presidente como testemunha de defesa.

A pergunta número 2 de Cunha questiona Temer sobre a nomeação de Moreira Franco para a vice-presidência da Caixa de Fundos e Loterias: “O senhor era o presidente do PMDB à época? Quando foi isso?”.

As perguntas finais são diretas. A de número 21 cita o delator da Odebrecht Benedicto Júnior, o ‘BJ’: “Vossa Excelência tem conhecimento de algum pagamento de vantagem indevida pelo senhor Benedicto Junior a Moreira Franco para liberação de financiamento do FI-FGTS à Odebrecht Transportes para associação no Porto de Santos?”.

O questionamento seguinte também trata de propina e cita emblemático empreendimento no Rio. “Vossa Excelência tem conhecimento de qualquer vantagem indevida solicitada ou recebida pelo senhor Moreira Franco para liberação, no âmbito do FI-FGTS, em qualquer projeto, incluindo o Porto Maravilha?”

A primeira tentativa de Eduardo Cunha para emparedar Temer ocorreu em novembro do ano passado. Na ocasião, a defesa do ex-presidente da Câmara encaminhou ao juiz Sérgio Moro uma lista de 41 perguntas a Temer, que também havia sido arrolado como sua testemunha de defesa em ação penal da Lava Jato em Curitiba, base da operação.

Preso preventivamente desde o dia 19 de outubro e com sua família investigada na Lava Jato, o ex-deputado fez perguntas ao presidente sobre assuntos que iam desde as indicações para a Petrobrás, passando por disputas internas e divisão de poder no PMDB, até as indicações para a presidência da estatal Furnas e da Vice-Presidência do Fundos de Governo e Loterias da Caixa Econômica Federal.

Moro vetou 21 das 41 perguntas de Eduardo Cunha. Das perguntas proibidas pelo juiz da Lava Jato, 13 foram consideradas ‘inapropriadas’ pelo magistrado que levou em conta que ‘não há qualquer notícia do envolvimento do Exmo. Sr. Presidente da República nos crimes que constituem objeto desta ação penal’.

COM A PALAVRA, TEMER

A assessoria de imprensa de Michel Temer informou que as perguntas de Eduardo Cunha ainda não chegaram ao conhecimento do presidente.

VEJA TODAS AS 22 PERGUNTAS DE EDUARDO CUNHA AO PRESIDENTE

1 – Vossa Excelência foi presidente do PMDB em que período?

2 – Vossa Excelência foi apontado como o responsável pela nomeação do senhor Moreira Franco para a vice-presidência da Caixa de fundos e loterias. O senhor era o presidente do PMDB à época? Quando foi isso?

3 – Em 2010, Moreira Franco teve de deixar a Caixa para ocupar a representação do PMDB na coordenação da campanha presidencial. Vossa Excelência indicou o então gerente de Moreira, Joaquim Lima, como seu substituto?

4 – Vossa Excelência conheceu o senhor André da Souza, representante até 2012 no Conselho FI/FGTS, dos trabalhadores ou do PT?

5 – Vossa Excelência fez alguma reunião para tratar de pedidos para financiamento com FI-FGTS, com Moreira Franco e André de Souza? Se sim, quando? Com quem?

6 – Vossa Excelência conhece Benedicto Junior e Léo Pinheiro?

7 – Vossa Excelência participou de alguma reunião com eles e Moreira Franco para doação de campanha para os pleitos eleitorais de 2010, 2012 ou 2014?

8 – Se a resposta for positiva, estava vinculada a alguma liberação do FI-FGTS?

9 – André de Souza participou de alguma dessas reuniões?

10 – Onde se deram essas reuniões?

11– Joaquim Lima continuou como vice-presidente da Caixa, em outra área, a partir de 2011. Quem foi o responsável pela sua manutenção?

12 –- Vossa Excelência conheceu Fábio Cleto?

13 – Teve alguma participação na sua nomeação?

14 – Houve interferência do então prefeito Eduardo Paes visando à aceleração do projeto Porto Maravilha para as Olimpíadas?

15 – Vossa Excelência teve conhecimento de alguma vantagem indevida, seja à época de Moreira Franco, seja posteriormente, para liberação de financiamento do FI-FGTS?

16 – Vossa Excelência conhece Henrique Constantino? Esteve alguma vez com ele? Qual foi o tema? Tinha a ver com algum assunto ligado ao financiamento do FI-FGTS?

17 – A denúncia trata da suspeita do recebimento de vantagens indevidas do consórcio Porto Maravilha (OAS, Carioca e Odebrecht), da Haztec, da Aquapolo e Odebrecht Ambiental, Saneatins, Eldorado Participações (Grupo JBS), Lamsa (Linha Amarela S.A.), Brado, Moura Debeux, BR Vias. Vossa Excelência tem conhecimento, como presidente do PMDB até 2016, se essas empresas fizeram doações a campanhas do PMDB? Se sim, de que forma?

18 – Alguma delas fez doação para a campanha de Gabriel Chalita em 2012?

19 – Se positiva a resposta, houve a sua participação? Estava vinculada à liberação desses recursos da Caixa no FI-FGTS?

20 – Como vice-presidente da República desde 2011, Vossa Excelência tem conhecimento da participação de Eduardo Cunha em algum fato vinculado a essa denúncia de cobrança de vantagens indevidas para liberação de financiamentos do FI-FGTS?

21 – Vossa Excelência tem conhecimento de algum pagamento de vantagem indevida pelo senhor Benedicto Junior a Moreira Franco para liberação de financiamento do FI-FGTS à Odebrecht Transportes para associação no Porto de Santos?

22 –Vossa Excelência tem conhecimento de qualquer vantagem indevida solicitada ou recebida pelo senhor Moreira Franco para liberação, no âmbito do FI-FGTS, em qualquer projeto, incluindo o Porto Maravilha?

Tendências: