Repaginar, reimaginar e redesenhar

Repaginar, reimaginar e redesenhar

Cassio Grinberg*

03 de junho de 2020 | 06h00

Cassio Grinberg. FOTO: DIVULGAÇÃO

Três palavras que começam com a letra R, e que podem nos ajudar neste momento. E que não são apenas palavras: são também ações.

A primeira delas é Repaginar. Com todo o cuidado, com todo o respeito, com todo o apoio na ciência, com toda a consideração com o próximo, está na hora de começar a virar a página da pandemia. Mesmo que ela permaneça ainda algum tempo conosco (ela vai, e haverá oscilação na estatística de casos), é hora de aprender com países que estão voltando e dar força para o dono do restaurante, que fez de tudo para manter-se vivo e se readaptar. Para o lojista de Shopping Center, que se viu novamente diante do aluguel integral e de um consumidor hesitante. Para a cabeleireira, que implementou processos de higienização extrema em seu salão. E para o verdureiro, a fotógrafa, o livreiro, a professora de piano, a fisioterapeuta, o dentista: a economia, e mesmo a vida, são movidos pela confiança.

A segunda delas é Reimaginar. Isso mesmo: é hora de imaginar de novo, já que muito daquilo que imaginávamos não existirá mais, pelo menos por enquanto. Previsões de crescimento, eventos que ocorreriam, viagens inesquecíveis — tudo terá que passar um pouco para a frente e, para não perdermos o importante sentimento de acreditar e buscar, temos que imaginar novos cenários, novas metas, um novo futuro.

E então teremos que construí-lo, e aí entra a terceira palavra que começa com R, que é Redesenhar: este é o momento de olhar para daqui a seis meses, um ano, dois anos, e mesmo que a gente não tenha a resposta de como será a vida ali adiante, a gente tem condições — tanto do ponto de vista empresarial quanto do ponto de vista pessoal — de redesenhar o que tínhamos desenhado e planejar como queremos que seja: mobilizar nossos recursos, nosso time, nossa energia, em direção ao que desejarmos.

Se nos concentrarmos bem nessas três palavras que começam com a letra R, possivelmente conseguiremos ativar com mais velocidade uma quarta que também começa com essa letra: a Retomada.

*Cassio Grinberg, sócio da Grinberg Consulting e autor do livro Desaprenda – como se abrir para o novo pode nos levar mais longe

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.