Receita pega 1,3 tonelada de cocaína em carga de açúcar que ia para o Marrocos

Receita pega 1,3 tonelada de cocaína em carga de açúcar que ia para o Marrocos

Entorpecente oculto em dois contêineres no porto de Santos foi localizado por agentes da Alfândega

Pedro Prata

26 de novembro de 2019 | 18h04

A Receita apreendeu nesta terça, 26, no interior de um terminal de contêineres situado no porto de Santos, 1.347 kg de cocaína escondidos em uma carga de açúcar destinada ao porto de Tânger-Med, no Marrocos.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

Os números desse porto marroquino deixam clara a sua vocação para hub port – em 2018, 91% dos contêineres lá movimentados foram reembarcados para outros portos. Apenas 9% tinham como destino ou origem o próprio país.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

A seleção da carga para conferência foi baseada em critérios objetivos de análise de risco, incluindo a inspeção não intrusiva por escâner e utilização de cães de faro.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

A carga era composta de cinco contêineres carregados com sacos de açúcar.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

Dois destes contêineres foram ‘contaminados’.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

No primeiro deles, foram localizados sessenta sacos contendo tabletes de cocaína misturados ao açúcar. No segundo, mais sessenta. No total foram separados 120 sacos e localizados 1.347 quilos do entorpecente.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

A droga interceptada pela Receita foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação a partir de sua localização, e prosseguirá com as investigações a partir das informações fornecidas pela Alfândega.

Foto: Alfândega de Santos/Divulgação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.