Receita leiloa jatinho executivo com lance mínimo de R$ 2,2 milhões

Receita leiloa jatinho executivo com lance mínimo de R$ 2,2 milhões

Aeronave foi apreendida no aeroporto de Jundiaí, interior de São Paulo, por não recolhimento de tributos

Maria Isabel Miqueletto

18 de novembro de 2021 | 15h55

A Delegacia da Receita Federal em Jundiaí, a 57 quilômetros da capital paulista, abriu nesta quinta-feira, 18, a fase de propostas do leilão de uma aeronave apreendida no Aeroporto de Jundiaí por estar em operação no País sem ter sido nacionalizada de acordo com os trâmites legais. O lance mínimo é de R$ 2.275.000.

A operação em que a aeronave foi apreendida tinha como objetivo identificar jatos executivos que ingressaram no Brasil sem o pagamento dos tributos devidos. O jato, fabricado em 1998, é do modelo Dassault Falcon 2000 e tem capacidade para dez passageiros, com alcance intercontinental.

O edital do leilão está disponível no site da Receita Federal e o período de visitação da aeronave vai até o próximo dia 14 de dezembro. A sessão pública para lances será no dia 15 de dezembro.

O leilão eletrônico é aberto a pessoas físicas e jurídicas, que devem acessar a plataforma utilizando certificado digital.

Confira as imagens e vídeos da aeronave:

Tudo o que sabemos sobre:

Receita Federal

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.