Receita acha 853 quilos de cocaína em carga de proteína de soja exportação no Porto de Santos

Receita acha 853 quilos de cocaína em carga de proteína de soja exportação no Porto de Santos

Apreensão ocorrida nesta segunda-feira 18 interceptou partida da droga com destino ao Porto de Roterdã, na Holanda

Samuel Costa

19 de janeiro de 2021 | 10h16

cocaina-porto-santos-drogas-soja-receita-federal-tráfico

Foto: Receita Federal

A Receita Federal encontrou 853 kg de cocaína escondidas em uma carga de proteína de soja, que saía do Porto de Santos, no litoral paulista, a 79,2 km de São Paulo, e tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda. De acordo com informações passadas pela assessoria de comunicação institucional da alfândega da Receita do Porto de Santos, a droga foi identificada por cães farejadores durante atividade rotineira de vigilância e repressão aduaneira na tarde desta segunda (18).  

Segundo a Receita Federal, esse tipo de fiscalização tem como objetivo ‘garantir o fluxo do comércio internacional, muito importante para a economia do país, sem perder de vista a segurança das operações’. A droga foi apreendida e entregue à Polícia Federal, que acompanhou a atividade no Porto de Santos. A PF também já recebeu as informações sobre o caso e agora prosseguirá com as investigações. 

porto-santos-cocaina-drogas-soja-receita-federal-tráfico

Foto: Receita Federal

A artimanha de esconder o entorpecente em cargas comerciais não é raro, de acordo com a Receita Federal, já foi identificado a tentativa de tráfico do produto em carregamentos de sucata, óleo, limão, farinha, papel, tripas de carne, açúcar, café, máquinas, goiabada e proteínas vegetais. Somente no último ano, foi apreendido pela Receita  mais de 20,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos. Neste ano, já foi confiscado 1,5 kg da droga.

cocaina-porto-santos-receita-federal-tráfico-drogas-soja

Foto: Receita Federal

ASSISTA AO VÍDEO DA APREENSÃO

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.