Receita e PF pegam 1.207 quilos de cocaína entre arroz e sucata no porto de Santos

Receita e PF pegam 1.207 quilos de cocaína entre arroz e sucata no porto de Santos

Em nova ofensiva contra o tráfico, agentes com apoio da Guarda Portuária foram alertados por imagens de câmeras de monitoramento que flagraram pequena embarcação próxima a navio atracado que partiria com destino a Antuérpia, na Bélgica

Redação

09 Agosto 2018 | 14h16

Em nova ofensiva contra o tráfico, a Receita e a Polícia Federal, em operação conjunta com apoio da Guarda Portuária, localizaram e apreenderam no Porto de Santos 1.207 kg de cocaína – peso bruto incluindo as bolsas em que estava a droga.

A ação foi deflagrada na tarde desta quarta-feira, 8.

A Assessoria de Comunicação Institucional da Alfândega informou que, através de imagens de câmeras de monitoramento, foi detectada a movimentação suspeita de uma pequena embarcação próxima a navio atracado no porto, que indicava o possível içamento de volumes ao convés. A partir daí, iniciou-se operação de busca a bordo, com a identificação de dois contêineres.

Os contêineres foram desembarcados para verificação, que contou com atuação da Equipe de Condutores de Cães de Faro da Alfândega de Santos. “Obteve-se sinalização positiva dos cães para presença de entorpecente em ambos os contêineres”, informou a Alfândega.

   

Foram localizadas 32 bolsas esportivas contendo tabletes de cocaína, totalizando 1.207 kg. No primeiro contêiner, com carga de arroz orgânico, foram encontradas sete bolsas. No segundo, com carga de sucata de aço inoxidável, outras 25 bolsas.

O destino de ambos os contêineres era o Porto de Antuérpia, na Bélgica.