Receita e PF confiscam 444 quilos de cocaína entre tiras de aço no porto de Santos

Receita e PF confiscam 444 quilos de cocaína entre tiras de aço no porto de Santos

Droga estava oculta em bolsas esportivas dentro de um contêiner carregado com tiras de aço e tinha a Bélgica como destino

Fausto Macedo e Julia Affonso

14 de agosto de 2018 | 15h32

Foto: Receita

Nova missão do gabinete integrado da Receita e Polícia Federal no porto de Santos levou ao confisco de mais um carregamento de cocaína, 444 quilos no total, em meio a uma carga destinada à exportação. A ação foi deflagrada na manhã desta terça, 14.

Durante a operação, foram selecionados, por amostragem, contêineres armazenados e destinados a áreas consideradas de risco.

Foto: Receita

Foto: Receita

Foto: Receita

Uma destas unidades de carga, contendo tiras de aço, apresentava sinais de violação, informou a Assessoria de Comunicação Institucional da Alfândega da Receita do porto.

Aberto o contêiner, os investigadores encontraram 13 bolsas esportivas, contendo tabletes de cocaína, com peso bruto total de 444 quilos da droga.

O destino da carga seria o porto de Antuérpia, na Bélgica, a mesma rota das três últimas grandes apreensões em Santos.

Nos catorze primeiros dias de agosto, a Receita e a PF apreenderam o extraordinário volume de 3,5 toneladas de cocaína no porto de Santos.

A GRANDE OFENSIVA INTEGRADA DA RECEITA E DA PF CONTRA O NARCOTRÁFICO

Tudo o que sabemos sobre:

Tráfico de drogasCocaína

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.