Receita confisca no Porto de Santos mais de uma tonelada de cocaína para exportação

Receita confisca no Porto de Santos mais de uma tonelada de cocaína para exportação

Agentes da Alfândega, em operação conjunta com a Polícia Federal na última quarta, 14, localizaram a droga oculta em duas cargas de minério e estrados metálicos que estavam prestes a seguir com destino à Antuérpia, na Bélgica

Redação

15 Novembro 2018 | 06h00

Receita Federal apreendeu cocaína em cargas de exportação no Porto de Santos. Fotos: Receita Federal / Divulgação

Atualizada às 16h34 de sábado, 17 de novembro

A Receita Federal, em operação conjunta com a Polícia Federal, apreendeu quase 1,3 tonelada de cocaína no Porto de Santos na última quarta-feira, 14. A droga estava escondida em duas cargas prestes a serem exportadas para a Europa. As autoridades concluíram a pesagem da droga nesta sexta-feira, 16, e a Alfândega atualizou as informações da operação.

A primeira carga consiste em minério com destino à Antuérpia, na Bélgica. O minério estava acondicionado em grandes sacas, as ‘big-bags’. Em cinco delas, estavam escondidos, ao todo, quinze sacos de ráfia, contendo diversos tabletes de cocaína, totalizando 605 kg.

A segunda carga é de chapas de cobre, com destino à Alemanha. Nesta, a droga estava oculta dentro de estrados metálicos, os quais estão sendo cortados para a retirada da droga. Ao todo, 690 quilos foram apreendidos.

Segundo a Assessoria de Comunicação Institucional da Alfândega, a identificação da droga se deu em meio à análise de risco e contou com a participação da Equipe de Condutores de Cães de Faro da Receita.

Neste ano, a Alfândega de Santos e a Polícia Federal já interceptaram mais de 19 toneladas de cocaína em cargas de exportação para a Europa, no Porto de Santos.