Receita acha 1,7 tonelada de cocaína em carga de limões frescos no porto de Santos

Receita acha 1,7 tonelada de cocaína em carga de limões frescos no porto de Santos

Segundo a Alfândega, é a maior quantidade de droga encontrada em um só contêiner pela fiscalização do terminal

Redação

11 de março de 2019 | 10h32

Receita apreende 1,787 tonelada de cocaína no Porto de Santos. Foto: Receita Federal

A Alfândega da Receita Federal apreendeu na sexta-feira, 8, mais de 1,7 tonelada de cocaína em carga com destino à Europa no Porto de Santos, na Baixada Santista. Segundo o órgão, é a maior quantidade de droga encontrada dentro de um contêiner do terminal.

A droga estava escondida dentro de caixas de papelão distribuídas em estrados junto com outras caixas com limões frescos. Ao todo, 14 estrados armazenavam cocaína. O destino final seria o porto de Cartagena, na Espanha, com baldeação no porto de Algeciras, no mesmo país.

Receita apreende 1,787 tonelada de cocaína no Porto de Santos. Foto: Receita Federal

O contêiner foi escolhido para fiscalização após escaneamento do conteúdo e o apoio de cães farejadores.

Segundo a Receita, a suspeita é de que se trata de uma tática conhecida como rip-on, rip-off, no qual a droga é inserida numa carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A cocaína apreendida foi entregue à Polícia Federal, que ficará responsável pelas investigações.