Raio X do transporte escolar em 218 cidades paulistas, segundo o Tribunal de Contas

Raio X do transporte escolar em 218 cidades paulistas, segundo o Tribunal de Contas

Documento de 48 páginas pontua desde controle de combustíveis até as inspeções das frotas

Redação

26 de setembro de 2019 | 18h06

Reprodução

Um relatório do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo faz um raio X sobre as frotas de ônibus escolares. A Corte fez nesta quinta, 26, uma fiscalização surpresa em 269 escolas, no interior, litoral e região metropolitana do Estado, para averiguar as condições dos veículos e serviços oferecidos pelas prefeituras.

Os casos reportados para a central de monitoramento da fiscalização incluem extintores vencidos, veículos com goteira, ônibus sem cinto, janelas quebradas, travas de cintos sem funcionamento, ônibus em ‘péssimas condições’, pneus gastos, entre outros.

Documento

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.