Quem são os novos delegados da PF de Moro

Quem são os novos delegados da PF de Moro

Conheça o perfil dos 177 alunos matriculados no curso de formação profissional de delegado na Academia Nacional de Polícia; nesta segunda, 151 foram nomeados

Fausto Macedo e Pedro Prata

12 de novembro de 2019 | 18h29

Dados tabulados pela Divisão de Desenvolvimento Humano da Academia Nacional de Polícia, a mítica escola da Polícia Federal, mostra o perfil dos novos delegados – são 177 alunos, dos quais 151 foram nomeados segunda-feira, 11, e já podem reforçar a PF do ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) que aposta no combate à criminalidade violenta, à corrupção e ao crime organizado.

Documento

Com o objetivo de conhecer o perfil social do aluno matriculado no Curso de Formação Profissional de Delegado de Polícia Federal, a Academia reuniu informações de todos, tendo como base o preenchimento da ficha cadastral que foi disponibilizada na Plataforma Ead.

Foto: PF/Divulgação

Dos 177 alunos, 13,55% são do sexo feminino e 86,45% do sexo masculino. A idade média dos alunos é de 32,3 anos. Com relação ao estado civil, 40,67% declararam que são casados, 4,51% que são divorciados e 54,82% que são solteiros.

Foto: PF/Divulgação

Entre os novos delegados, 48,02% declararam que já possuem experiência policial ou militar – em média, 8,4 anos de experiência no serviço policial ou militar.

O levantamento mostra que 74,57% declararam que já são servidores públicos e 25,43% que têm origem na iniciativa privada.

Foto: PF/Divulgação

Com relação à escolaridade, 0,56% declararam que têm Doutorado, 2,25% que têm Mestrado, 68,36% declararam que têm Especialização e 28,81% com apenas a Graduação.

Tudo o que sabemos sobre:

Polícia Federal

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.