‘PT deve soltar foguete minha gente, elegeram Bolsonaro’, ironiza Kátia Abreu

‘PT deve soltar foguete minha gente, elegeram Bolsonaro’, ironiza Kátia Abreu

Candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes no primeiro turno, senadora (PDT/TO) usou as redes sociais para criticar petistas; 'Vocês escolheram o candidato que chamam de fascista'

Renato Vasconcelos, especial para o Estado

28 de outubro de 2018 | 20h36

Kátia Abreu. Foto: Ed Ferreira/Estadão

Candidata à vice-presidência na chapa de Ciro Gomes (PDT) no primeiro turno, a senadora tocantinense Kátia Abreu (PDT) usou o Twitter para criticar o PT pela eleição de Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com ela, a eleição de Bolsonaro é resultado da própria estratégia eleitoral do PT.

“PT deve soltar foguete minha gente. Elegeram Bolsonaro. Bolsonaro candidato dos petistas. Vocês escolheram o candidato que chamam de fascista. Sabiam desde agosto que não ganhavam do capitão”, escreveu em um dos tweets.

A senadora seguiu com as críticas na rede social. “Não adianta xingar nem chorar. Tiveram o que mereceram. O Brasil sinalizou várias vezes que não queria o PT no governo. Insistiram por pura soberba. As pessoas só servem pra vcs quando os apoia. Se não, vcs destilam ódio. Vão dormir com esta”.

Por fim, Kátia também defendeu o líder da chapa pela qual concorreu à presidência, Ciro Gomes, criticado pela militância petista por não ter declarado apoio expresso à candidatura de Fernando Haddad.

“Ciro teve brio. Dignidade. Vergonha na cara. Coisa que falta em muita gente como vcs que estão esperneando”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.