Promotoria prende médico da rede pública no consultório particular

Promotoria prende médico da rede pública no consultório particular

Profissional foi flagrado dando atendimento em clínica particular quando deveria estar no plantão da rede de saúde do município de Astorga, interior do Paraná, a 416 km de Curitiba

Pepita Ortega

25 de junho de 2019 | 10h45

A cidade de Astorga, situada a 416 km de Curitiba. Foto: Google Maps/Reprodução

Um médico de Astorga, cidade a 416 km de Curitiba, foi preso em flagrante por um agente do Ministério Público do Paraná nesta segunda, 24. O profissional fazia atendimento particular durante horário de seu expediente na rede de saúde do município.

A ação foi motivada por denúncias que a 1ª Promotoria de Justiça da comarca recebeu na sexta-feira, 21.

As informações indicavam que o médico costumava fazer seu registro de ponto na unidade de saúde municipal, onde deveria estar de plantão, para depois seguir para outro local, onde realizava consultas particulares.

Segundo o Ministério Público do Paraná, uma denúncia criminal será oferecida contra o médico nos próximos dias. O servidor é investigado pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e prevaricação, informou a Procuradoria.

Tudo o que sabemos sobre:

Curitiba [PR]médico

Tendências: