Promotoria na Bahia investiga imagens de criança armada no perfil do pai, prefeito do PC do B

Promotoria na Bahia investiga imagens de criança armada no perfil do pai, prefeito do PC do B

Em um post, menina exibe dois revólveres, em outro ela empunha uma escopeta; Paulo dos Reis, gestor do município de Caetanos, a 520 quilômetros de Salvador, alega que a filha fez a postagem 'sem seu conhecimento' e publicações sumiram das redes em 24 horas

Jayanne Rodrigues

23 de fevereiro de 2022 | 18h09

A criança, que não teve a idade revelada, pousou com duas armas de fogo e uma escopeta nas fotografias. Foto: Reprodução/ internet

Duas armas de fogo apontadas para a câmera sob a posse de uma criança. Em outra pose, com os revólveres, ela faz um sinal de ‘x’. Em mais uma imagem, a menina exibe uma escopeta para o alto. A garota é filha de Paulo dos Reis (PCdoB), prefeito de Caetanos, município baiano com cerca de 14 mil habitantes, a 520 quilômetros de Salvador. Os registros foram compartilhados na segunda-feira, 21, no próprio perfil do gestor.

Com a repercussão negativa do caso, em nota divulgada nas redes, o prefeito se pronunciou alegando que a menina compartilhou as imagens sem o conhecimento dele, enquanto estava na zona rural da cidade. Questionado sobre o fato da própria filha ter acesso a armas, ele afirmou que estavam sem munições e as fotos eram antigas. Além disso, declarou que o armamento possui registro legal. 

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, conforme o artigo 242, pode pegar uma pena de reclusão de até seis anos, aquele que “vender, fornecer ainda que gratuitamente ou entregar, de qualquer forma, a criança ou adolescente arma, munição ou explosivo”. O Ministério Público da Bahia está apurando o caso.

Paulo dos Reis é prefeito de Caetanos, cidade localizada no sudoeste baiano.

COM A PALAVRA, O PREFEITO DE CAETANOS

A reportagem do Estadão tentou entrar em contato com o gestor através do telefone disponibilizado no site da prefeitura, mas este encontrava-se indisponível. O espaço está aberto para manifestação (jayanne.rodrigues@estadao.com).

COM A PALAVRA, A ASSESSORIA DO PCDOB

A equipe entrou em contato com a comunicação do partido por e-mail, mas até a publicação deste texto não houve retorno. O espaço está aberto para manifestação.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.