Promotoria intima médica que vendeu ‘soro da imunidade’ pelo Instagram

Promotoria intima médica que vendeu ‘soro da imunidade’ pelo Instagram

Promotor Ramon Lopes Neto instaurou inquérito civil para apurar caso e ouvirá Isabella Abdalla nesta terça, 24

Pedro Prata

23 de março de 2020 | 16h26

A médica Isabella Abdalla deverá prestar esclarecimentos ao Ministério Público de São Paulo nesta terça, 24, sobre um vídeo publicado na rede social Instagram no qual ela faz propaganda de um ‘soro da imunidade’ contra o novo coronavírus. O promotor Ramon Lopes Neto, de Ribeirão Preto, ouvirá Abdalla em inquérito civil.

No vídeo, gestantes tomam o ‘soro’. Isabella afirma que ‘todo mundo vai ficar imune do corona’. Ela ainda explica que ele seria composto por ‘alta dose de vitamina C, outras vitaminas e antioxidantes’.

Não existe qualquer estudo que indique que o coquetel oferecido por Isabella tenha efeito de proteger contra o coronavírus, afirma a Promotoria. “A resolução 1.974 do Conselho Federal de Medicina proíbe médicos de fazer propaganda de método ou técnica não aceito pela comunidade científica.”

Após a repercussão da mensagem sobre o ‘soro da imunidade’, a médica bloqueou suas redes sociais.

Foto: Pixabay/@fernandozhiminaicela/Divulgação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.