Promotoria e polícia pegam R$ 50 mil em avião do sogro de candidato no fundão do Maranhão

Promotoria e polícia pegam R$ 50 mil em avião do sogro de candidato no fundão do Maranhão

Flagrante ocorreu na pista de pouso de Passagem Franca, a 520 quilômetros da capital São Luís; investigadores suspeitam que dinheiro era destinado à compra de votos

Julia Affonso, Mateus Coutinho e Fausto Macedo

28 de setembro de 2016 | 11h56

operacaoma

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Maranhão, em parceria com a Polícia Civil, cumpriu mandado de busca e apreensão em uma aeronave e em seus tripulantes, nesta terça-feira, 27, na pista de pouso do município de Passagem Franca, com 18 mil habitantes, localizado a 520 quilômetros da capital São Luís.

Durante a revista, os investigadores encontraram no monomotor A210 R$ 50 mil em dinheiro vivo.

A aeronave pertence a Juarez Alves da Silva, sogro de Adailton Alves Guimarães Duarte, candidato a prefeito do município de Lagoa do Mato, 10 mil habitantes, pela coligação Unidos pelo Povo, que reúne os partidos PRB, PSD, PTB, PEN, PSDC, PMN, DEM, SD e PSB.

O montante de R$ 50 mil foi apreendido. A Polícia Civil investigará o crime de compra de votos, previsto no Código Eleitoral. A ação poderá subsidiar a Promotoria para o ajuizamento de uma Ação Eleitoral.

Coordenou a operação o promotor de justiça Carlos Allan da Costa Siqueira, titular da comarca. O mandado de busca e apreensão foi expedido pelo juiz Josenilton Silva Barros, atendendo solicitação do Ministério Público.

Motivou a ação uma denúncia encaminhada à Promotoria de Justiça da Comarca de Passagem Franca, informando que uma aeronave oriunda da cidade de Itaituba, no Pará, iria pousar ‘carregada de dinheiro’ supostamente destinado à compra de votos nas eleições 2016.

Tudo o que sabemos sobre:

Ministério PúblicoMaranhão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.