Promotoria de Curitiba denuncia homem por manter oito Rottweilers em corrente curta e decepar rabo de filhotes

Promotoria de Curitiba denuncia homem por manter oito Rottweilers em corrente curta e decepar rabo de filhotes

Homem foi denunciado por maus-tratos; ele mantinha os cachorros da raça Rottweiler com alimentação escassa e presos em corrente curta, impedindo a movimentação e descanso dos animais, além da amamentação dos filhotes

Maria Isabel Miqueletto

11 de novembro de 2021 | 14h56

Foto: Pixabay

A 1ª Promotoria de Justiça de Proteção ao Meio Ambiente, do Ministério Público do Paraná, denunciou um homem de 47 anos por maus-tratos após manter oito cachorros da raça Rottweiler, seis deles ainda filhotes, com alimentação escassa e em condições precárias de higiene, segundo a denúncia. A polícia recebeu relatos e imagens de testemunhas. O caso foi denunciado no último mês de outubro pela Delegacia de Polícia do Meio Ambiente.

Além disso, os policiais constataram, a partir de informações prestadas pelo acusado, que os seis filhotes tiveram os rabos cortados por ele. Os procedimentos foram realizados sem os devidos cuidados médicos necessários e sem indicação veterinária ou zootécnica.

Os animais eram mantidos presos em corrente curta, o que impedia a movimentação adequada e o descanso dos cães. Os filhotes também não podiam receber amamentação adequada pelas condições em que se encontravam. “A mãe dos filhotes mal conseguia deitar para os animais serem amamentados”, ressalta o promotor de Justiça do Meio Ambiente, Sergio Luiz Cordoni. “Em continuidade delitiva das condutas anteriormente descritas, dolosa e conscientemente, praticou ato de maus-tratos contra animais”, corrobora trecho da denúncia.

O homem foi visitado pela Polícia Civil em duas ocasiões. Na primeira, não chegou a ser autuado, mas foi notificado. Na segunda, foi preso em flagrante. Após audiência de custódia, foi colocado em liberdade provisória. Os cães foram retirados dele e encaminhados para uma guardadora. “Desde o ano passado houve cerca de 25 denúncias-crime em Curitiba, grande parte deles presos em flagrante”, conta o promotor.

Tudo o que sabemos sobre:

Ministério Público do ParanáMaus tratos

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.