Profissões que serão extintas no futuro e como não ficar de fora do mercado

Profissões que serão extintas no futuro e como não ficar de fora do mercado

Christian Aguilera*

29 de setembro de 2019 | 05h00

Christian Aguilera. FOTO: DIVULGAÇÃO

Com os avanços tecnológicos é inevitável que muitas das profissões que conhecemos hoje sejam extintas e por isso é fundamental estarmos atentos a todas as mudanças. Esse processo de mutação ocorre lentamente, porém o movimento tem se intensificado cada vez mais. A maioria dos trabalhos repetitivos e que exigem pouca, ou nenhuma, especialização técnica serão os primeiros a desaparecer. Na verdade, já estão desaparecendo. Ou você ainda vê ascensoristas nos elevadores?

Profissões que são realizadas por humanos, mas podem ser feitas por máquinas e apresentarem um desempenho melhor – e mais barato – também serão substituídos. Certamente você já assistiu ao filme Tempos Modernos, de Chaplin, não é verdade? Te garanto que as tarefas realizadas pelo personagem do filme também não existem mais.

Mas então, quais profissões serão extintas?

Atendente de telemarketing, corretor de imóveis, agentes de viagens e contadores são alguns dos exemplos. Na verdade, essas profissões, no estilo convencional que conhecemos atualmente irão desaparecer com toda certeza, todavia outras que nem conhecemos ainda irão surgir. De acordo com a Comissão Econômica para a América Latina e Caribe (CEPAL), 65% das crianças que estão na educação básica terão empregos que ainda não existem.

Esse é o fim do mundo?

Eu diria que não. Há uma coisa que ninguém, nem mesmo a inteligência artificial, pode tirar de você: seu conhecimento e adaptação.

De acordo com Alan Toffler, “o analfabeto do século 21 não será aquele que não consegue ler e escrever, mas aquele que não consegue aprender, desaprender, e reaprender”. Logo, o mais importante não é saber quais profissões serão extintas, mas sim o que fazer para não ser atingido por essa catástrofe.

Os novos ofícios, que vêm ganhando mais espaço conforme o desempenho dos avanços tecnológicos. Uma das novas profissões é o empreendedor digital, que traz uma maneira diferente – e com menos custos – de ter seu próprio negócio. Pessoas movidas pela inovação e cansadas das rotinas de trânsito e escritórios estão desenvolvendo trabalhos 100% onlines. E você, já pensou como vai se atualizar? As possibilidades são infinitas.

*Christian Aguilera, Inbound Marketing na HeroSpark

Tudo o que sabemos sobre:

Artigo

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.