PRF prende homem que se passou por delegado federal para pegar carona de ônibus na Dutra

PRF prende homem que se passou por delegado federal para pegar carona de ônibus na Dutra

Homem seguia de Guarulhos para o Rio de Janeiro e enganou o motorista do coletivo com distintivo falso

Pedro Prata

28 de janeiro de 2020 | 08h00

A Polícia Rodoviária Federal prendeu um homem em Guarulhos, na Grande São Paulo, no sábado, 25, que se passou por delegado de Polícia Federal para pegar carona até o Rio de Janeiro.

O ônibus em que ele estava foi abordado na Dutra durante ‘ação de conscientização no trânsito’.

Ao entrar no veículo, os policiais rodoviários foram informados de que um passageiro de 49 anos era delegado federal.

Foto: PRF/Divulgação

Ele teria perdido um voo para o Rio, motivo pelo qual solicitou a carona ao motorista.

Os agentes rodoviários solicitaram a Carteira Nacional de Habilitação do passageiro e o seu distintivo. Ele, no entanto, não conseguiu responder às perguntas sobre as funções que ostentava no distintivo.

Também foi encontrada uma identidade, supostamente funcional, do Conselho Federal Parlamentar, cujo teor lhe atribuía o cargo de ‘delegado’ e que ele também usou para ludibriar o motorista.

Os policiais rodoviários federais deram voz de prisão pelo crime de estelionato por possível falsidade ideológica, uma vez que nome, sobrenome, CPF, RG e filiação eram falsos.

O motorista também foi levado para testemunhar o crime.

Tudo o que sabemos sobre:

PRF [Polícia Rodoviária Federal]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.