PRF apreende 29 pistolas no Paraná que iriam para o Rio

PRF apreende 29 pistolas no Paraná que iriam para o Rio

Viatura policial perseguiu o carro onde as armas estavam por mais de 20 quilômetros; um homem foi preso em flagrante e outros dois conseguiram fugir a pé

Pedro Prata

26 de setembro de 2019 | 11h26

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu 29 pistolas de calibre 9 milímetros na noite desta quarta, 25, após perseguição por mais de 20 quilômetros a um carro na BR-277, que liga o Porto de Paranaguá à Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu.

O automóvel Chevrolet Astra foi abordado pela viatura policial na altura do quilômetro 713, mas fugiu em alta velocidade. Os fugitivos chegaram a atingir 200 km/h e avançaram sobre a cancela automática de um pedágio.

As armas, o preso e o carro foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu. Foto: PRF/Divulgação

A perseguição terminou quando o condutor perdeu o controle do carro e colidiu contra uma defensa metálica, próximo ao município de São Miguel do Iguaçu, distante 596 quilômetros de Curitiba. Ele e um dos passageiros conseguiram fugir a pé.

O outro passageiro, de 28 anos, estava levemente ferido e foi preso em flagrante. Ele recebeu atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento de Santa Terezinha de Itaipu, e recebeu alta médica à 00h45.

Aos agentes da PRF, o homem disse que o grupo seguiria com a carga ilícita inicialmente até Medianeira (PR). Afirmou, também, que era residente do Rio de Janeiro, e que esta era a destinação final do armamento.

Vinte pistolas foram fabricadas na Argentina e outras nove, na Turquia. Dezesseis delas estavam com mira laser. Foram apreendidos, ainda, 39 carregadores.

A PRF encaminhou as armas, o preso e o carro para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu.

Tudo o que sabemos sobre:

PRF [Polícia Rodoviária Federal]

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.