Preso na Lava Jato, vice da Mendes Júnior passa mal e é internado

Preso na Lava Jato, vice da Mendes Júnior passa mal e é internado

Executivo deixou a carceragem da PF onde estava preso e foi diagnosticado com cálculo renal; ele passará por cirurgia nesta quinta

Redação

14 de janeiro de 2015 | 16h57

Por Andreza Matais

BRASÍLIA – Preso acusado de participar do esquema de corrupção na Petrobrás, o vice-presidente da Mendes Junior, Sérgio Mendes, foi internado na tarde desta quarta-feira, 14, com crise de cálculo renal. Ele passará por um procedimento cirúrgico nesta quinta e ficará internado por tempo indeterminado, conforme laudo médico. A Justiça do Paraná, contudo, pediu mais informações ao hospital sobre a situação do empresário para deliberar se autoriza a internação sem prazo para alta.

Mendes está com duas pedras: uma no rim e a outra na uréter. Não é a primeira vez que ele tem cálculo renal.

O executivo foi internado no hospital particular Santa Cruz, em Curitiba, por volta das 17 horas, o mesmo que tem atendido outros presos pela Operação Lava Jato, como o doleiro Alberto Youssef. Mendes foi preso na 7ª fase da operação, batizada de Juízo Final, com outros empreiteiros. Na ocasião, se recusou a viajar de Brasília (onde mora) para Curitiba em avião da PF e se entregou de jatinho particular.

___________________________

VEJA TAMBÉM:

Defesa pede que executivo deixe a carceragem para ir para o hospital

___________________________

 

Na Mendes Júnior, a PF indiciou além de Mendes, Angelo Alves Mendes, Flávio Sá Motta Pinheiro e Rogério Cunha de Oliveira. A acusação é que as empreiteiras eram contratadas pela Petrobrás mediante pagamento de propina para partidos políticos e dirigentes da estatal.

ABAIXO, O LAUDO MÉDICO DO HOSPITAL ONDE O EXECUTIVO ESTÁ INTERNADO

receituario

Tudo o que sabemos sobre:

Mendes Junioroperação Lava Jato